Carlos Eduardo não demonstra interesse de se aliar ao PSDB


Com a chapa majoritária praticamente fechada para governador,  os senadores Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM) para o Senado e um nome de Mossoró para vice, o pré-candidato pelo PDT Carlos Eduardo Alves, não tem demonstrado nenhum interesse de abrir para espaço para o ex-governador Geraldo Melo, do poderoso PSDB que conta com oito deputados estaduais,  um federal e mais de 100 vereadores espalhados pelo interior.

Com espaço apenas no segundo escalão da chapa do ex-prefeito de Natal e pré-candidato a governador do PDT, o PSDB comandado pelo deputado e presidente da Assembléia Ezequiel Ferreira, vai ter que aceitar a imposição para Geraldo Melo disputar uma vaga para deputado federal ou abandonar o barco e topar a parada para disputar o Senado numa aliança política com o governador e candidato a reeleição Robinson Faria (PSD) ou com o vice-governador e pré-candidato a governador pelo PSB, Fábio Dantas.


Comentários