Brejinho RN comemora hoje 55 anos. A Terra da Farinha





Acredita-se que o nome do local tem origem nos pequenos brejos que constituem a geografia do local. Segundo Câmara Cascudo, Brejinho era chamado primeiramente de Abrejava, nome do olho d'água que formava os brejos. Mas, por ser pequeno, passou a ser conhecido definitivamente como Brejinho. Situado no agreste, desde início o povoado se destacou no setor agrícola, na produção de cococana-de-açúcar, frutas tropicais e mandioca(principalmente a produção de sua farinha, conhecida em todo o estado). Sua padroeira é Nossa Senhora das Dores.[1]
O município foi emancipado de Santo Antônio através da Lei nº 2.833, de 21 de março de 1963.

Acredita-se que o nome do local tem origem nos pequenos brejos que constituem a geografia do local. Segundo Câmara Cascudo, Brejinho era chamad Abrejava, nome do olho d'água que formava os brejos. Mas, por ser pequeno, passou a ser conhecido definitivamente como Brejinho. Situado no agreste, desde início o povoado se destacou no setor agrícola, na produção de coco, cana-de-açúcar, frutas tropicais e mandioca(principalmente a produção de sua farinha, conhecida em todo o estado). Sua padroeira é Nossa Senhora das Dores.[1]


o primeiramente de
O município foi emancipado de Santo Antônio através da Lei nº 2.833, de 21 de março de 1963.
Texto Wikipédia

Comentários