PARAÚ/RN

Paraú-RN.

http://www.umaseoutras.com.br/tag/rio-grande-do-norte/
Luiz Justino de Oliveira, fundador de Paraú, nasceu na fazenda Cachoeira, em 1875. Aos 23 anos, mudou-se para a Fazenda Espírito Santo, casando-se com Maria Damásia Gomes, estabelecendo-se numa casa de taipa, com pequeno negócio de compra e venda que prosperando proporcionou a abertura de casas comerciais em outros municípios. Ali permaneceu, mesmo após o falecimento de sua esposa, empenhou-se em fazer progredir a sua terra, pelo bem comum.
Resultado de imagem para PARAU RN

Em 1911, casa-se novamente, com Maria Siqueira Cabral, iniciando-se no ano seguinte, a construção de uma capela à devoção do Divino Espírito Santo.
O município teve a sua emancipação política aos 10 de maio de 1962, quando foi desmembrado do município de Augusto Severo (atual Campo Grande).
WIKIPEDIA




Comentários

  1. Já tinha ouvido falar de Augusto Severo. Vi este nome no aeroporto de Natal. Fui levado a entrar em Paraú. Nunca tinha ouvido. Fiquei sabendo do desmembramento da então atual Campo Grande. Doce solidão é o que me encheu o coração ao andar em algumas ruas de Paraú. Apressei para ir logo à praça da Igreja. 3 cruzes entrecruzadas. Lembrei de algo parecido que vi em frente à Catedral de Natal. Uma cruz enorme -o Pai - como que protegendo os filhos - o Filho e o Espírito Santo - representados por 2 cruzes menores, o Deus trino abraçado. Toda esta mensagem universal e magnífica edificada na porta da Igreja. Ruas largas ensolaradas, silenciosas, casas modestas, tudo modesto e silencioso, relativamente limpo, algumas pessoas sentadas nas portas, outras poucas e raras nas ruas. Não vi nenhum carro caro ou de luxo, o que pode denunciar um dono de tudo, da cidade e das terras. Temperatura alta, chinelos de dedo, roupas leves e simples, pessoas simples, criaturas penso eu do jeito que Deus e no caso o Espírito Santo aprovam...:)

    ResponderExcluir

Postar um comentário