terça-feira, 5 de agosto de 2014

EM ALTA: CANTA DE LUZ VAI SUBIR AO MENOS 14%


sem dinheiro






O bolso do consumidor ficará aina mais “vazio” – um documento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) indica que os R$ 17,7 bilhões de empréstimos as distribuidoras trarão impacto de 14% na conta de luz.
A informação na Folha de São Paulo é que a cada R$ 1 bilhão devido pelo setor, as tarifas de energia crescem 0,8%. Como os empréstimos totalizam R$ 17,7 bilhões, o impacto na tarifa será de exatos 14,16%.

ROBSON PIRES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores