sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Fórum Mundial de Seguridade Social em 2016, será sediado em Natal


17904Foto: Nicolas Gomes
Natal deverá sediar, no último trimestre de 2016, o IV Fórum Mundial de Seguridade Social, evento organizado pela Associação Internacional de Seguridade Social (AISS). Na manhã desta quinta-feira (31), o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, a governadora Rosalba Ciarlini e o prefeito Carlos Eduardo Alves foram testemunhas da assinatura de uma carta de intenções firmada pelo ministro Garibaldi Alves Filho pelo secretário-geral da AISS, o dinamarquês Hans-Horst Konkolewsky.
No documento, o Ministério da Previdência Social (MPS) e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) confirmam a intenção de colaborar com a organização do IV Fórum Mundial. Também se comprometem a formalizar, junto com a AISS, memorando de entendimento incluindo um plano de trabalho, planilha com estimativa de custos e divisão das responsabilidades financeiras para a realização do evento. Esse memorando deverá ser assinado até o final de março do próximo ano. INSS e MPS criarão um comitê organizador nacional e a AISS constituirá um comitê gestor para o evento.
Carlos Eduardo ficou muito empolgado com a possibilidade da capital potiguar receber o evento, lembrando que a cidade tem uma estrutura hoteleira de alto padrão com mais de 30 mil leitos, número que atende muito bem a demanda gerada pelo fórum. O prefeito também destacou que as obras de mobilidade urbana que estão acontecendo em Natal já estarão prontas no período do evento, proporcionando um melhor deslocamento das delegações que visitarem Natal.
A obra da reestruturação completa da orla marítima do município também foi enfatizada pelo chefe do executivo municipal. Ele reforçou que os participantes do congresso irão usufruir de equipamentos novos como pistas de Cooper, área de prática de exercícios, além de banheiros públicos e quiosques modernos que irão oferecer o melhor da culinária natalense. “A cidade está se reestruturando e estará preparada para sediar o Fórum Mundial de Seguridade Social”, garantiu.
O Fórum Mundial da Seguridade Social é o principal evento internacional que reúne dirigentes de instituições de seguridade social, especialistas, estudiosos e responsáveis pela formulação de políticas no setor. O encontro é realizado a cada três anos. No período de 10 a 15 de novembro, em Doha, no Catar, será realizada a terceira edição do Fórum. Nela, o programa Bolsa Família receberá o 1º Prêmio para Desempenho Extraordinário em Seguridade Social. A premiação é considerada o “Nobel” da seguridade social. O programa foi considerado pela AISS como uma experiência “excepcional e pioneira” na redução da pobreza e na promoção da seguridade social.
O ministro Garibaldi Alves Filho opinou que a Previdência Social brasileira é tão ou mais importante do que a Bolsa Família. Ele comparou que enquanto 13,8 milhões de famílias recebem o benefício mensal do Bolsa Família, a Previdência paga, mensalmente, mais de 30 milhões de benefícios. “Quem sabe, em 2016, o Brasil não é contemplado com outro prêmio, no Fórum Mundial de Natal?”, indagou Garibaldi. Já o deputado Henrique Eduardo Alves lembrou as características do povo potiguar, que é reconhecido pela sua hospitalidade, por ser afável e sempre receber bem quem visita o Rio Grande do Norte.
Por sua vez, o secretário-geral da AISS, Hans-Horst Konkolewsky, comentou que na reunião de Natal deverão estar presentes representantes das 340 organizações de 157 países que integram a associação. Ele explicou que a escolha do Brasil como sede significa um reconhecimento pelo esforço que o país vem empreendendo para ampliar e dar sustentabilidade à sua rede de proteção social.

BLOG DO BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores